II Congresso Lusófono de Ciência das Religiões

História, Memórias, Narrativas – Ruturas, Violências, Fundamentalismos e Revoluções

LISBOA | 27 a 30 de Maio de 2017

A Igreja Católica na América Latina: Teologia da Libertação, Luta pelos Direitos Humanos e Organização dos Movimentos Sociais

Coordenador:

Anderson Claytom Ferreira Brettas (PUC-SP)

Tema:

Na segunda metade do século XX, com a organização da Teologia da Libertação tendências populares e libertárias, articuladas com movimentos de resistência social, irromperam na Igreja Católica da América Latina. Em diversos e diferentes países, clérigos assumem posições filosóficas e militância política pautadas na defesa dos pobres e oprimidos, na luta contra ditaduras e oligarquias, na denúncia contra a violação dos direitos humanos. Sintetizada pelos proponentes como uma reinterpretação antropológica da fé cristã combinada com elementos do marxismo, seu método – ver, julgar e agir – influenciou notadamente os movimentos sociais na compreensão crítica da realidade e nas ações concretas de transformação. A atuação da Igreja Católica nas resistências aos ciclos ditatoriais que configuram o século XX latino-americano, a defesa dos direitos humanos em resposta à violência estatal praticada pelos regimes autoritários do continente, as revoluções encetadas em vários desses países, assim como a organização de movimentos sociais são objetos de reflexões neste GT.

Trackback do seu site.

Organização


Entidades Associadas


Universidades Parceiras