II Congresso Lusófono de Ciência das Religiões

História, Memórias, Narrativas – Ruturas, Violências, Fundamentalismos e Revoluções

LISBOA | 27 a 30 de Maio de 2017

Sociabilidades Católicas e Cultura Política nas Sociedades Ibérica e Latino-americana Contemporâneas

Coordenadores:

Cláudia Touris (Universidade de Bueno Aires, ) e Rogério Luiz de Souza (UFSC, BR)

Tema:

Os recentes estudos sobre o campo religioso têm exigido centrar a atenção menos sobre uma suposta fragilidade da religião no mundo contemporâneo que sobre a capacidade dos sujeitos religiosos em criar novas formas sociais de atuação, engajamento e militância sob o signo do crer. E cabe aos pesquisadores e estudiosos pesquisarem e analisarem as experiências desses sujeitos em vista da compreensão de nossa própria história e de nossas relações humanas, visto que isto está intimamente relacionado à cultura dos países ibéricos e latino-americanos.

A transformação da cena político-religiosa nos últimos dois séculos tem exigido, portanto, renovações teóricas sobre a produção do religioso e demonstrado a dinâmica de um campo rico em discursos e práticas que interferem permanentemente no social, no político e no econômico.

A presença do catolicismo nas sociedades ibérica e latino-americana, neste aspecto, é, sem dúvida nenhuma, impactante e marca a contemporaneidade por meio de um jogo complexo de transferência de práticas institucionais e político-culturais. A constituição de organizações católicas ou movimentos militantes católicos e a participação de católicos no seio de organizações institucionais e militantes exigiram um processo de sociabilidades que passou por uma redistribuição mais ou menos profunda das redes de relação nas quais estes mesmos católicos foram inseridos. Afinal, participar destas organizações e destes movimentos é interagir com outros membros e atores da sociedade de maneira regular; é construir uma identidade social e uma cultura política.

A atuação de católicos nos séculos XIX e XX responde a uma dinâmica histórica que preparou o espaço de diálogo entre os mais diversos setores e movimentos políticos, criou uma rede de contatos e aproximações e alimentou a função teleológica e social do catolicismo. A história do engajamento católico ibérico e latino-americano está posicionada na encruzilhada dos grandes problemas sociais e políticos da época contemporânea. Queremos, pois, confirmar o interesse renovador de debater a história desta cultura político-católica nestas sociedades

Trackback do seu site.

Organização


Entidades Associadas


Universidades Parceiras