II Congresso Lusófono de Ciência das Religiões

História, Memórias, Narrativas – Ruturas, Violências, Fundamentalismos e Revoluções

LISBOA | 27 a 30 de Maio de 2017

Tradições de Matriz Africana: Construção Teológica e Conflito Religioso

Coordenadores:

Oneide Bobsin (FEST) e Hendrix Silveira (FEST)

Tema:

Conflitos religiosos têm se acirrado no Brasil e no mundo. O racismo, aliado à intolerância religiosa, provoca na sociedade ocidental um repúdio às tradições de matriz africana. Repúdio muitas vezes referendado em discursos eurocêntricos e colonialistas ou ainda na demonização ou satanização das práticas tradicionais africanas. As violências perpetradas por quadros fundamentalistas do cristianismo contra as tradições de matriz africana tanto no Brasil, quanto na Europa e mesmo na própria África têm feito surgir uma nova forma de defesa que se pauta na construção de ações em várias frentes. A luta política que se apresenta através dos movimentos sociais e na organização de manifestações públicas, bem como a participação ativa de vivenciadores na área de Educação – sobretudo superior – tem buscado definir as tradições de matriz africana de forma isonômica com as demais tradições religiosas intentando conquistar o respeito e dignidade diante da sociedade ocidental. Este Simpósio objetiva agregar trabalhos que evidenciem todos estes aspectos à luz de enfoques interdisciplinares, sobretudo nas áreas das Ciências da Religião, Teologia, Antropologia/Etnografia, Sociologia, Filosofia, Psicologia Social e nas práticas educativas em vários níveis de ensino, bem como na perspectiva do tema do congresso.

Trackback do seu site.

Organização


Entidades Associadas


Universidades Parceiras